16 janeiro 2007

Dúvida de última hora...

Então o que é amar?
É abraçar, beijar, falar, calar?
É sair na chuva e não se importar?
É chegar em casa e ter quem esperar?
É respirar?
Suspirar?
É ter tudo o que se precisa, quando o que se precisa é só um olhar?
Mas o que é amar?
Alguém pode me falar?
Porque eu só sei do amor que ele é a dois...
A um é sofrer...
Ou esperar...


******************
Estou aqui na frente do computador, comendo uma Pizza do Habib´s e um Pastel de Belém... dieta é só pra quem precisa!!!
Não preciso de dietas... preciso de outras coisas... e essas outras coisas ainda vão precisar de mim também!
Mas eu ando tão bem que acho tudo bonito... até ficar sozinha está sendo bonito...
Já não ando sofrendo e já não ando esperando...
Só observando!
Mas jogar... continuo jogando... mas não fora!


Como diria Clarice Lispector
"Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor. Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo. Não mata"

Mas para isso eu preciso saber o que é o amor, e principalmente onde ele está... ou reconhecer quando ele chegar!

4 comentários:

Ebojfme disse...

Nossa,
eu eu nessa espera forever...
a espera que nunca termina,
por algo que nunca vem.
Lindo tudo isso.
bjos

nuno portmore disse...

Quando ele chegar... não tens como não o reconhecer.

Porque não é só teu, será mais teu do que de todo o mundo, será todo o mundo num só ser.

Razão?

Descoberta?

Tudo?

Amar?

Talvez uma nota... perdida numa melodia que se estica para além do imaginável... mesmo que dure apenas um minuto...

Mas que minuto, querida amiga... que minuto...

Um grande beijo

Sérgio Rodrigo disse...

Fiquei com medo...

Sérgio Rodrigo disse...

Infelizmente, ao contrario de você não deixo meus sentimentos tão a mostra. Aliás, há certos sentimentos que tenho dúvidas de que realmente existam pois acredito que só existe aquilo que sinto e vejo. Poeticamente e artisticamente falo do desejo este sentimento mais forte, concreto e autêntico. Gosto da internet e de estar nela, pois assim existo. Vc disse que já sabe sobre mim pesquisando na net e isso é bom.

MAs tudo me faz lembrar uma reflexão que há no livro "O Pequeno Principe" que acabo de ler:

"Tu não és para mim senão um garota inteiramente igual a cem mil outras garotas. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. Não passo a teus olhos de um garoto igual a cem mil outros garotos. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim única no mundo. E eu serei para ti único no mundo"

Até mais!
Vou passar aqui sempre e te ler...
Abraços!