19 fevereiro 2011

Então...

Tem alguma coisa querendo aparecer faz dias...

Não entendi o código ainda... parece uma idéia, mas acho que é uma paisagem, ou uma possibilidade, ou algo que ta tomando forma, feição, conteúdo... e não é da nova filha que estou falando, é outra coisa!
Realmente as coisas não são como a gente quer e menos ainda na hora que a gente quer, e depois que passa a gente pensa: "Será que eu ainda quero?"

E a coisa mais fantástica é quando a resposta vem logo em seguida, sem dor, sem mágoa, com uma pitadinha de decepção e um pouco de tristeza, pq as coisas são sempre mais belas dentro daquela idealização... depois que o baile de máscaras acaba fica tudo tão real que perde a graça!

- Hoje eu entendo o ano de 2006, e acho que estou mudando algumas convicções, e algumas admirações só aumentam, mas isso é outro capítulo de outra história de um livro bem familiar que não tem como ser reescrito, reeditado e menos ainda revivido... mas pra sempre vai ser o meu ideal de tudo o que eu queria, tinha e coloquei fora! Tudo vale a pena, mas só algumas poucas coisas valem o esforço! Ponto! -

Voltando... faltam poucos dias para uma nova história se desembrulhar, e uma não tão velha história acabar... é disso que estou falando, algumas coisas acabam por falta de habilidade, outras pq tem tempo determinado e função específica...

 E cada vez mais eu sei, cada vez mais eu aprendo... tem gente que é de verdade, tem gente que é protótipo, tem gente que finge que é pq realmente acha que é, e tem gente que finge que é pq não sabe ser de verdade... as aparências e as intenções enganam, mas a gente é quem decide o que permanece machucando e enganando e o que não vale o esforço!

E quando eu falo que não vale o esforço não é pq seja ruim, mas pq eu prefiro o que é de verdade, antigamente eu gostava de ilusão, achava que o coração tinha que sempre estar em descompasso, hoje eu escolho o que vale o esforço, pq os sentimentos a gente transmuta como quiser, dá o valor que quiser, a beleza que quiser... pq a gente é feliz se quiser e com o que vale a pena e vale o esforço, e não com o que é supostamente belo... se eu soubesse disso antes... mas eu tinha que saber agora, pq alguns tesouros que eu tenho são frutos desse aprendizado, são renúncias!

É isso!

Nenhum comentário: