04 março 2013

♪... Depois era um vício, uma intoxicação... ♪


Decidido!!!!

Nada como uma noite mal dormida para todos os fantasmas serem exorcizados de uma só vez...
Não adianta, não sei decidir coisas importantes sem ser no impulso, no susto, na revolta... Eu preciso estar descontente ao extremo, preciso esgotar toda minha paciência e tolerância... E tudo isso chegou ao fim, limite, fim da estrada, ponto final!

Quem aproveitou, aproveitou, quem não aproveitou... Lamento!

Algumas coisas ficam no campo do 'estar' e não do 'ser'... Ou seja, provisório, passageiro, efêmero, e por aí vai... Paixão que consome até a última fagulha e APAGA!

Não vou dizer que estou contente, não, eu achei que podia ser diferente, mas não...

Também não vou ficar lamentando muito pq eu fiz o melhor que eu pude, eu fui o melhor que eu sou, e eu dei quase tudo de bom que tinha em mim... E por esta questão que não lamento... Foi, passou, passado, e pra frente e em frente é que se segue... A vida não pára, a vida não pausa, a vida voa... E eu já estava com as asas enferrujadas...

Pronta pra vôos bem maiores, pq eu não tenho medo de voar, tenho medo da aterrissagem forçada, tenho medo que engessem minhas asas, tenho medo de ficar parada sem que nada de bom venha ao meu encontro... Como escreveu Clarice: "Tenho medos bobos e coragens absurdas"...

Ahhh, e foi bom, melhor do que eu imaginava, aliás, eu nunca iria imaginar que seria bom, quanto mais 'ótimo', mas passou, entramos no outono, as folhas caem...

Nenhum comentário: