28 junho 2017

Entre a sombra e a escuridão

Quando a morte levou meu pai, ela levou também a minha capacidade para o melhor. Meus olhos nunca mais viram a luz do dia, e minha alma ficou catatonica. A inércia ganhou a excelência em sua dimensão... Vez ou outra eu recebia um impulso daqueles que nos tira do lugar, mas como perdi o equilíbrio por completo, cada empurrão me jogava apenas ao chão. Desde então eu espero o fim desse sofrimento, afinal milagres não existem.