24 novembro 2006

Escolha certa ... hora errada!

Sexta-feira chuvosa, televisão ligada, nada para fazer... noite propícia para iniciar o Blog!
Ainda não sei o que eu quero falar, mas sei bem onde eu queria estar, mas isso fica para mais tarde.
Meu inferno astral está indo embora e já vai tarde ... por favor, leve junto todas as minhas dúvidas, indecisões, inseguranças, culpas... só preciso mesmo é de um jeans, uma blusa, um pouquinho de tranqüilidade e meu velho e bom otimismo!!
O que marcou o dia? A mania de fazer as escolhas certas nas horas erradas!
“Se tudo existe é porque sou.
Mas por que esse mal estar?
É porque não estou vivendo do único modoque existe para cada um de se viver e nem sei qual é.
Desconfortável.
Não me sinto bem.
Não sei o que é que há.
Mas alguma coisa está errada e dá mal estar.
No entanto estou sendo franca e meu jogo é limpo.
Abro o jogo.
Só não conto os fatos de minha vida: sou secreta por natureza.
O que há então?
Só sei que não quero a impostura.
Recuso-me.
Eu me aprofundei mas não acredito em mim porque meu pensamento é inventado.”
(Clarice Lispector)

Desculpe Cecília, gostaria de começar com Lua Adversa, mas hoje estou mais Clarice do que nunca!

Um comentário:

nuno portmore disse...

Iniciar é algo muito especial. É como colocar os pés na espuma das ondas que te arrepiam na praia das decisões. Umas mais pequenas, outras bem mais importantes. Mas não deixam de ser areia e mar. Sempre. E temos sempre a opção de caminharmos em direcção ao sal mascarado de água. E sim, criar um blog também pode ser isso.

Quando criei o meu, foi numa madrugada em que não existia outra forma de me expressar. Foi há pouco mais de um mês. E tem sido como mergulhar os pés... nessa espuma... até hoje... um pouco.

Virei visitar-te... sempre que a espuma pedir por mais palavras...

Bjos