17 julho 2015

É amor mas atende por qualquer nome...





É amor mesmo quando estão de costas um para o outro...

É amor mesmo que combinem apenas uma noite de sexo, mas a afinidade, a intimidade e o desejo intenso que nada cala, mostra que sexo é uma desculpa e um álibi que ambos usam para disfarçar o amor!
É amor quando ela já exausta de tanta rotatividade, relembra a ternura de andar de mãos dadas... (com ele)!
É amor, sempre será mas eles esperam que um dia atenda por outro nome, pois os dois sangram mensalmente a falta um do outro...
E se é amor, e se o amor sempre vence... Será que é amor?

Nenhum comentário: